Nos meus braços

Compartilhe nas Redes Sociais

Compartilhe nas Redes Sociais

AG e os Meias Limonada - Música POP Portuguesa

Banda de 10 elementos ou Dueto de voz e Piano para locais mais intimistas

Não consigo

Escrever um refrão

Que seja para ti.

Não mendigo

A palavra não

Que seja para mim.

Não consigo

Falar tanto e bem

Dirigida a ti,

Não te peço

Por mais que queira

Uma palavra de mim…

 

Não esquecerei

As palavras doces sem fim,

Não pedirei

Palavras que jamais me dirás.

 

Um abraço

Apertado

Eu quero ter, até ao fim,

O cansaço

Em tudo o que faço

Não quero sentir vindo de ti.

 

Não te imploro

Uma canção

Cheia de emoção,

Não desejo

A confusão

Por falta de inspiração.

Não censuro

A tua ausência

De imaginação,

Não me faças

Por mais que queira

Abrir uma exceção.

 

Não esquecerei

As palavras doces sem fim,

Não pedirei

Palavras que jamais me dirás.

 

Um abraço

Apertado

Eu quero ter, até ao fim,

O cansaço

Em tudo o que faço

Não quero sentir vindo de ti.

 

Não consigo

Escrever um refrão

Que seja para ti.

Não desejo

A confusão

Por falta de…

 

Um abraço

Apertado

Eu quero ter, até ao fim,

O cansaço

Em tudo o que faço

Não quero sentir vindo de ti.

 

Não esquecerei

As palavras doces sem fim,

Não pedirei

Palavras que jamais me dirás.

 

Um abraço

Apertado

Eu quero ter, até ao fim,

O cansaço

Em tudo o que faço

Não quero sentir vindo de ti.

 

Um abraço

Apertado

Eu quero ter, até ao fim… até ao fim

Quando alguém te der um limão…

Faz uma limonada!

Compartilhe nas Redes Sociais

Comentários