Jesus Angolano

Uma música que jamais poderia deixar de fazer. Esta dedicada a um menino de rua Angolano que se chamava Jesus. Um menino pacato, calmo, sereno e muito ternurento. São aqueles momentos que nos marcam para a vida. Jesus marcou-me pela sua história, pela capacidade de se exprimir e pela convicção com que dizia que esta vida não era para ele.

Viu os pais partirem para outro mundo, fruto do ódio da guerra, a caminho de Huambo para o Lobito. Não guardou rancor de ninguém e compreendia que nestas alturas as pessoas cometem erros sem pensarem muito. Não queria fazer vida de rua e achava que alguém superior não lhe tinha dado a oportunidade de viver como tantos outros.

Partiu em paz e consciente que numa outra vida seria mais feliz.

Foi uma lição de vida que me deste e jamais te esquecerei Jesus. Até sempre meu amigo.

Jesus angolano

Olhei os teus olhos, vi o fundo do mar

A dor que ganhaste só por saberes respirar

viveste a vida que eu não viverei

As lágrimas perdidas só tu sabes que eu sei

Nem mesmo o nome te deu a proteção

Levaram-te o mimo deixaram-te a solidão

Quem te deu a força para viver

Quem se esqueceu de te dizer o que é sofrer

Quiseste partir sem deixares rancor

Nada vale na ausência do amor

O que é do calor da tua saudade

Com ou sem cascas não sentiste maldade

já sem ti o mundo mudou para mim

estas no coração até ao meu fim

As 48 Leis do Poder

As 48 Leis do Poder

As “48 Leis do Poder” são um conjunto de princípios apresentados no livro “As 48 Leis do Poder”, escrito por Robert Greene. 

Vamos trabalhar juntos? 

Baixa o ebook para perceberes o que podes ganhar!

Ganha um BÓNUS por cada concerto!

Posso ajudar?