A cidade que me viu crescer

Compartilhe nas Redes Sociais

Compartilhe nas Redes Sociais

AG e os Meias Limonada - Música POP Portuguesa

Banda de 10 elementos ou Dueto de voz e Piano para locais mais intimistas

Elvas foi a cidade que acolheu a minha família depois de uma missão militar do meu pai em Timor. Foi lá, no Largo Luís de Camões, mais conhecido por Largo do Cinema S. Mateus, que dei os primeiros passos na minha memória.

Cheguei a Elvas com quatro anos de idade e lá permaneci por 10 anos sensivelmente. Um quinto da minha vida! A memória já não é aquilo que era, e são muitas as dificuldades para me recordar de todos aqueles com quem partilhei a minha infância. Não me esqueci de todos, mas infelizmente a vida faz-nos isto!

No passado mês de Dezembro tive a oportunidade de visitar esta cidade que amo de coração. Fui a um jantar de antigos moradores do Largo Luís de Camões. Uns mais novos, outros mais velhos, mas todos com o mesmo amor pelo local onde partilhámos momentos da nossa vida.

Esta foi a segunda vez que me dirigi a esta cidade com este propósito e confesso-vos de que gostaria que muitas mais pessoas pudessem estar presentes num próximo encontro. Apesar disso, os presentes foram, como sempre, um encanto. Rimos, bebemos, comemos, fomos jovens novamente e o mais importante, sentimo-nos bem perto uns dos outros.

Contem comigo para o próximo jantar ou almoço, pois farei tudo o que for possível para para estar presente.

Elvas, para quem não a visita há muito tempo, evoluiu muito. A cidade está linda e é um exemplo de uma cidade património da UNESCO.  Dentro das muralhas, aquela Elvas em que vivi, já não existe mais. São poucas as pessoas que se observam nas ruas, são poucos ou raros os cafés que trabalham no centro da cidade, são poucos os estabelecimentos em funcionamento… enfim, poderei até estar a fazer uma ideia errada da cidade, mas foi o que me entrou pelos olhos! 

No entanto, Elvas abraçou o projeto Natal na cidade e adorei a iniciativa. 

O ano 2022 não houve a possibilidade do “AG e os Meias Limonada” poderem atuar nesta cidade, mas estou certo de que tudo faremos para que se torne possível a realização de um sonho de criança: Fazer um concerto em Elvas para todos aqueles com quem partilhei a minha vida e muitos ensinamentos me deram.

Estou com saudades vossas. 

Elvas será sempre a cidade que guardo no coração com muito carinho.

Quando alguém te der um limão…

Faz uma limonada!

Compartilhe nas Redes Sociais

Comentários