Não tenhas medo do fim

Compartilhe nas Redes Sociais

Compartilhe nas Redes Sociais

Chegar à velhice na nossa geração, torna-se a maior aventura de todos os tempos. As metas e objetivos que traçamos para a nossa vida, o desgaste da rotina do dia-a-dia, as preocupações em vivermos neste mundo onde tudo passa depressa e sem tempo para se olhar para trás, diria mesmo que estamos a atravessar uma das piores fases da nossa existência. Não descobrimos o fogo, nem o ferro, nem a luz, mas descobrimos milhões de coisas com uma dimensão tão grande que nos esquecemos do essencial da vida: Viver! Há duas semanas atrás recebi a notícia de um lar de

AG e os Meias Limonada - Música POP Portuguesa

Banda de 10 elementos ou Dueto de voz e Piano para locais mais intimistas

Nem acredito o teu receio e o teu medo de partir

Faz a dança da mudança e com tempo para dormir

O Silêncio é a recompensa do doce comido a mais

A viagem que te espera não tem nada de metais

 

Não tenhas medo do fim

Não tenhas medo do fim

 

Ninguém sabe nem conhece a sua hora de sair

Porque tem medo de saber quanto tempo anda a fugir

O importante não é pensar no desconforto do amanhã

É gozares o momento e a dentada da maçã

 

Não tenhas medo do fim

Não tenhas medo do fim

Só não penses que sem ti o mundo vai parar

Não tenhas medo do fim

Não tenhas medo do fim

Só não penses que sem ti o mundo vai parar

Não tenhas medo do fim

Não tenhas medo do fim

 

Já sofreste, já curtiste, já escutaste essa voz

Já pensaste nos momentos vividos por nós

Ninguém quer ver o fim nesta viagem de paixão

A vida é tão boa e sem muita explicação

 

Não tenhas medo do fim

Não tenhas medo do fim

Não tenhas medo do fim

Não tenhas medo do fim

Não tenhas medo do fim

 

Não tenhas medo do fim

 

Quando alguém te der um limão…

Faz uma limonada!

Compartilhe nas Redes Sociais

Comentários