Mapas de calor com leituras duvidosas?

Compartilhe nas Redes Sociais

Compartilhe nas Redes Sociais

AG e os Meias Limonada - Música POP Portuguesa

Banda de 10 elementos ou Dueto de voz e Piano para locais mais intimistas

A tecnologia veio realmente dar uma visão diferenciadora na análise de diversas situações. No mundo desportivo, estas análises são bem vindas e de uma vez por todas pode-se analisar coletivamente e individualmente todos os intervenientes no jogo.

Neste campeonato do Mundo de Futebol no Catar, onde as mulheres não têm direitos, os mortos na construção dos estádios não foram dignificados e nem os familiares das vítimas ressarcidas de alguma indeminização, tem vindo a mostrar que em termos de tecnologia as coisas realmente estão bem avançadas.*

A tecnologia da análise do fora de jogo através de um plano tangencial ao ombro do penúltimo defensor é sem dúvida um grande avanço. Agora só falta mudar as regras e definir qualquer parte do corpo e não apenas o ombro. Qualquer dia andamos a discutir onde começa e acaba o ombro ou as cores e os desenhos das camisolas que incomodam verdadeiramente a definição do mesmo. Não teria sido mais fácil a alteração da regra para qualquer parte do corpo? Na minha opinião sim, mas deixaria de haver discussões e isso faz bem ao futebol!

Mapas de calor por equipas e atletas

Fantástica a análise no decorrer e pós o jogo através da emissão de calor de cada um dos atletas. Com esta tecnologia fica-se a saber quais as áreas que cada um mais ocupou durante a sua prestação no tempo em que esteve no relvado.

Achei estranha a leitura que fizeram e continuam a fazer sobre o posicionamento de Ronaldo. Agora, com a idade a pesar, Ronaldo está no foco de todos os que anteriormente bateram palmas e o apelidaram como o melhor de todos os tempos. Neste momento o atleta musculado e com currículo invejável é criticado por descer muito da sua posição à procura de bola, deixando muitas vezes a sua área sem qualquer atleta na área em que deveria ser ocupada por ele. Acredito que tenham razão. CR7 já não é o jovem atleta que escalava montanhas e nos levou muitas e muitas vezes sem conta às costas. Isso é verdade! 

Convido-vos a analisar o mapa de calor do atleta Cristiano Ronaldo frente ao jogo do Uruguai: 

1ª Parte

2ª Parte

Se olharmos para aqui, poderemos constatar (assim como o fazem os catedráticos na televisão) de que o atleta Cristiano Ronaldo está longe da posição onde deveria ocupar. O atleta, fruto da sua idade e da sua baixa de forma, não consegue povoar as zonas de decisão e de finalização que Portugal procura.

Como podem chegar a esta conclusão?

Este é um mapa de presença do atleta durante o tempo em que está em jogo.

  • Se Portugal passar tempo a defender, como passou com o Uruguai, mal estaria o mapa mostrar e comprovar que Cristiano Ronaldo estava na área do guarda redes.
  • Se as defesas não subissem as suas linhas ainda se admitiria que o atleta estivesse mal colocado, mas o que podemos constatar é de que as defesas estão cada vez mais subidas e geralmente a sua linha está fora da grande área. Só mesmo em caso de “massacre” é que a defesa recua para linhas tão perto do guarda redes como forma de desespero (o que nos aconteceu durante 20 minutos contra o Uruguai).

A leitura do mapa está errada e não serve para retirar conclusões que nos atiram para os olhos todos os dias. As análises estatísticas terão que ser efetuadas com muito cuidado e de forma mais assertiva. 

Para que pudéssemos chegar a conclusões que nos querem oferecer, as analises deveriam ser realizadas baseadas em dois princípios. Áreas ocupadas durante o sistema defensivo e áreas ocupadas em sistema ofensivo, ou com posse de bola e sem posse de bola. Assim. conseguiríamos chegar à conclusão correta da leitura que por enganos todos os dias nos dão. Esta análise, poderia ser efetuada também subdividida em primeira parte e segunda parte.

Não acham que já chega de tirarem conclusões erradas sobre gráficos que não mostram o que querem provar?

Em jeito de brincadeira, vamos analisar as áreas ocupadas em maior tempo pelo atleta Cristiano Ronaldo durante o jogo frente ao Uruguai:

Conclusão

Cristiano está a ficar velho e a mais na seleção de Portugal!

É mesmo de rir!

Eu fico feliz por ter vivido na época desta grande lenda Portuguesa e da maior marca do nosso País no Estrangeiro.

Viva Cristiano Ronaldo!

*

Então só agora é que fizeram barulho sobre os direitos das mulheres no CATAR? O Mundo teve conhecimento da escolha do País anfitrião há muitos anos atrás e só agora se manifestam? Só agora acham que a FIFA é uma organização criminosa? Só agora e depois do documentário da Netflix chegaram à conclusão de que a França beneficiou com todas estas escolhas e que as grandes decisões se fizeram em jantares e almoços privados?

O que mais me espanta não são os atletas quando questionados sobre estes assuntos, pois muitos deles ainda nem pensavam em estar nas seleções quando este anúncio foi proferido. O que realmente me assusta é a doidice do futebol e o vício que este desporto nos transmite que até os Políticos caem na rasteira. Aí vão eles cheios de desculpas ver a nossa seleção jogar e a esquecerem-se verdadeiramente de fazer política ao mais alto nível não marcando presença oficial no local. Hoje já existem meios avançados à disposição de todos para transmitirem uma mensagem de conforto e de apoio à seleção. Se à Cristina Ferreira usou o contacto telefónico, porque não fazer o mesmo, e até com vídeo, para os atletas?

Esta Política desilude muita gente. Há sempre resposta para tudo, depende sempre do ponto de vista que nos querem convencer. 

Sabem quem são os culpados? Todos nós, porque votamos e acreditamos nestas pessoas!

Nota: Os mapas apresentados foram extraídos do Jornal Público.

Quando alguém te der um limão…

Faz uma limonada!

Compartilhe nas Redes Sociais

Comentários