Jesus Angolano

Compartilhe nas Redes Sociais

Compartilhe nas Redes Sociais

Post mais recente

Chegar à velhice na nossa geração, torna-se a maior aventura de todos os tempos. As metas e objetivos que traçamos para a nossa vida, o desgaste da rotina do dia-a-dia, as preocupações em vivermos neste mundo onde tudo passa depressa e sem tempo para se olhar para trás, diria mesmo que estamos a atravessar uma das piores fases da nossa existência. Não descobrimos o fogo, nem o ferro, nem a luz, mas descobrimos milhões de coisas com uma dimensão tão grande que nos esquecemos do essencial da vida: Viver! Há duas semanas atrás recebi a notícia de um lar de

AG e os Meias Limonada - Música POP Portuguesa

Banda de 10 elementos ou Dueto de voz e Piano para locais mais intimistas

Uma música que jamais poderia deixar de fazer. Esta dedicada a um menino de rua Angolano que se chamava Jesus. Um menino pacato, calmo, sereno e muito ternurento. São aqueles momentos que nos marcam para a vida. Jesus marcou-me pela sua história, pela capacidade de se exprimir e pela convicção com que dizia que esta vida não era para ele.

Viu os pais partirem para outro mundo, fruto do ódio da guerra, a caminho de Huambo para o Lobito. Não guardou rancor de ninguém e compreendia que nestas alturas as pessoas cometem erros sem pensarem muito. Não queria fazer vida de rua e achava que alguém superior não lhe tinha dado a oportunidade de viver como tantos outros.

Partiu em paz e consciente que numa outra vida seria mais feliz.

Foi uma lição de vida que me deste e jamais te esquecerei Jesus. Até sempre meu amigo.

Jesus angolano

Olhei os teus olhos, vi o fundo do mar

A dor que ganhaste só por saberes respirar

viveste a vida que eu não viverei

As lágrimas perdidas só tu sabes que eu sei

Nem mesmo o nome te deu a proteção

Levaram-te o mimo deixaram-te a solidão

Quem te deu a força para viver

Quem se esqueceu de te dizer o que é sofrer

Quiseste partir sem deixares rancor

Nada vale na ausência do amor

O que é do calor da tua saudade

Com ou sem cascas não sentiste maldade

já sem ti o mundo mudou para mim

estas no coração até ao meu fim

Quando alguém te der um limão…

Faz uma limonada!

Compartilhe nas Redes Sociais

Comentários