|

Estranho momento

Compartilhe nas Redes Sociais

Compartilhe nas Redes Sociais

Chegar à velhice na nossa geração, torna-se a maior aventura de todos os tempos. As metas e objetivos que traçamos para a nossa vida, o desgaste da rotina do dia-a-dia, as preocupações em vivermos neste mundo onde tudo passa depressa e sem tempo para se olhar para trás, diria mesmo que estamos a atravessar uma das piores fases da nossa existência. Não descobrimos o fogo, nem o ferro, nem a luz, mas descobrimos milhões de coisas com uma dimensão tão grande que nos esquecemos do essencial da vida: Viver! Há duas semanas atrás recebi a notícia de um lar de

AG e os Meias Limonada - Música POP Portuguesa

Banda de 10 elementos ou Dueto de voz e Piano para locais mais intimistas

Estranho momento de esperança

Sem conseguir alcançar

A meta mesmo ali à frente

A força já está a faltar

Caio em mim no silêncio

E no sono mais profundo

Caminho sem muitos rodeios

Dou voltas e voltas ao mundo

 

Penso no paraíso perdido

E nas flores saudáveis a crescer

Tudo à volta acontece

Sem eu mesmo me aperceber

Acordei cansado

Dou voltas ao pensar

Sinto-me com força

Depois de acordar

 

Já cansado e com muita dor

Caminho em minha promessa

Ganho forças no vazio

Ninguém mais se atravessa

Toda a vida tive asas

Sem ter medo de voar

Voos picados que se tentam

Vozes altas ao acordar

 

Penso no paraíso perdido

E nas flores saudáveis a crescer

Tudo à volta acontece

Sem eu mesmo me aperceber

Acordei cansado

Dou voltas ao pensar

Sinto-me com força

Depois de acordar

 

Acordei cansado

Dou voltas ao pensar

Sinto-me com força

À luz do teu olhar

Quando alguém te der um limão…

Faz uma limonada!

Compartilhe nas Redes Sociais

Comentários