Despedido do ABC?

Compartilhe nas Redes Sociais

Compartilhe nas Redes Sociais

Chegar à velhice na nossa geração, torna-se a maior aventura de todos os tempos. As metas e objetivos que traçamos para a nossa vida, o desgaste da rotina do dia-a-dia, as preocupações em vivermos neste mundo onde tudo passa depressa e sem tempo para se olhar para trás, diria mesmo que estamos a atravessar uma das piores fases da nossa existência. Não descobrimos o fogo, nem o ferro, nem a luz, mas descobrimos milhões de coisas com uma dimensão tão grande que nos esquecemos do essencial da vida: Viver! Há duas semanas atrás recebi a notícia de um lar de

AG e os Meias Limonada - Música POP Portuguesa

Banda de 10 elementos ou Dueto de voz e Piano para locais mais intimistas

Com apenas uma vitória nas dez jornadas que o ABC cumpriu no Campeonato Placard Andebol 1 da presente temporada e cinco nos últimos 28 jogos (mais três empates e 20 derrotas), a direção academista, liderada por Carlos Matos, optou pela saída de Jorge Rito.

Muito bem vai o ABC abdicando de um dos melhores treinadores portugueses. Há decisões que têm que ser tomadas em momentos difíceis. Será uma decisão em desespero? 

O ABC foi o Clube de Andebol que marcou uma geração bonita da modalidade. Passa por uma fase má, diria mesmo, muito má. Estou longe da cidade e do Clube, mas parece-me que mandando pessoas boas para fora em vez de as reunir em torno do clube e da solução não me parece muito inteligente.

Não se tornam público os problemas internos do ABC, mas está â vista de todos que eles existem e começam a ser demasiadamente graves para um bom desfecho da temporada. Mesmo que a mudança de treinador resolva o problema desportivo, tudo leva a crer de que os problemas têm maior profundidade.

Carlos Matos está numa situação difícil, mas são nestes momentos que as lideranças se mostram. Como já referi, apesar de estar longe, ficarei atento às soluções a encontrar pela direção. O Andebol merece um ABC forte e a cidade de Braga sempre foi a capital da modalidade.

Quanto ao professor Jorge Rito, não será este afastamento que lhe irá beliscar o seu valor, porque esse este senhor já o demonstrou por muitas vezes. O Andebol precisa destas pessoas nos grandes palcos. Esperamos pelo seu regresso muito em breve.

Quando alguém te der um limão…

Faz uma limonada!

Compartilhe nas Redes Sociais

Comentários