38ª Corrida dos Sinos de Mafra

Compartilhe nas Redes Sociais

Compartilhe nas Redes Sociais

Chegar à velhice na nossa geração, torna-se a maior aventura de todos os tempos. As metas e objetivos que traçamos para a nossa vida, o desgaste da rotina do dia-a-dia, as preocupações em vivermos neste mundo onde tudo passa depressa e sem tempo para se olhar para trás, diria mesmo que estamos a atravessar uma das piores fases da nossa existência. Não descobrimos o fogo, nem o ferro, nem a luz, mas descobrimos milhões de coisas com uma dimensão tão grande que nos esquecemos do essencial da vida: Viver! Há duas semanas atrás recebi a notícia de um lar de

AG e os Meias Limonada - Música POP Portuguesa

Banda de 10 elementos ou Dueto de voz e Piano para locais mais intimistas

A 38ª Corrida dos sinos de Mafra foi uma vez mais um sucesso. Uma prova de excelência no atletismo nacional e com realização em Mafra. Trabalho que vem sendo realizado com muita mestria pelos Amigos do Atletismo de Mafra e que orgulha não só a Vila de Mafra, como também o concelho e Portugal.

Quem olha de forma leviana para esta prova não compreende o esforço nem as entidades envolvidas neste grande evento. E até parece fácil! Mas não é!

São nestas alturas que deveremos valorizar todo o trabalho realizado para que o êxito tenha sido uma verdadeira realidade. Foram mais de 3500 atletas participantes. A corrida dos sinos, a mais conceituada, contou com atletas bem preparados e treinados a tentarem obter os melhores tempos possíveis nesta distancia. 

Já a corrida dos sininhos não é bem assim. Não me levem a mal dar mais importância a esta prova do que a principal, mas aqui vimos gente de todas as idades e com muito fair play. Desde as cadeiras de rodas, às crianças, às pessoas com mais idade, assim como às cadeiras com carros de bebé, muitas são as formas diferentes de participação e sempre com um sorriso na cara.

Este ano recebi o convite da organização para fazer o papel de animador, conjuntamente com o Tiago Realista e foi com muito orgulho que aceitei mais uma missão. Pergunto-me a mim mesmo, aquilo que já me perguntaram várias vezes, “o que ganhas com isto?”.

Sinceramente o ganho é enorme. É pura e simplesmente fazer aquilo que gosto de fazer e sentir-me bem comigo mesmo. Saí do evento com a ideia de missão cumprida!

Agora, resta-me desejar aos Amigos do Atletismo de Mafra a maior sorte para as suas futuras atividades e deixar aqui o testemunho de que os patrocínios desta prova deverão ser cada vez maiores em número, por forma a se fazer sempre mais e melhor na arte de bem receber os visitantes à nossa terra. Os vossos patrocínio estarão com toda a certeza em boas mãos.

Uma palavra especial aos meus amigos Alice Roma e Rui Cupido por todo o vosso emprenhamento e dedicação à causa.

Obrigado a todos pela presença na nossa terra e votos de nos podermos ver novamente para o ano que vem.

Obrigado!

Quando alguém te der um limão…

Faz uma limonada!

Compartilhe nas Redes Sociais

Comentários